rs_slogan
rs_boletim2
rs_compartilhe

Notícia

Homem-aranha que escalou prédio em Jardim da Penha é condenado a 4 anos e 9 meses de prisão

Jilsemar Oliveira Santana, conhecido como homem-aranha, foi condenado a 04 anos e 09 meses de reclusão pelo crime de roubo. A decisão é da Juíza Gisele Souza de Oliveira, da 4ª Vara Criminal de Vitória, no processo de nº 0028029-67.2015.8.08.0024.

Segundo os autos, o acusado escalou três andares de um prédio no bairro Jardim da Penha e entrou em um apartamento, onde a proprietária estava dormindo. Após pegar dois relógios de pulso da vítima, que estavam sobre a mesinha de cabeceira, a mulher acordou com o barulho e chamou pelo filho.

Neste momento, Santana teria segurado a vítima e mandado que não gritasse. Entretanto, a mulher não obedeceu e quando começou a gritar, seu filho acordou, e o acusado saiu do imóvel pela báscula pela qual havia entrado. Na fuga, ao se desequilibrar, o homem caiu do terceiro andar do prédio, sofrendo várias lesões devido à queda. Populares vizinhos impediram que ele fugisse do local e acionaram a Polícia Militar.

Para a Juíza, diante dos fatos, ficou comprovada a prática do crime de roubo pelo acusado. "Não há dúvidas de que o réu empregou a grave ameaça, segurando os braços da vítima e mandando ela não gritar, para assegurar a posse dos relógios que já estavam com ele, ou seja, quando já ocorrida a inversão da posse dos objetos, situação fática que se amolda, à perfeição, ao disposto no § 1º do art. 157 do Código Penal".

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo
Produtos Online


Esqueci minha senha

b_teste_gratis
pixel