rs_slogan
rs_boletim2
rs_compartilhe

Notícia

Juiz mantém preso ex-cantor do Karametade

O juiz Alexandre Abrahão Dias Teixeira, da 3ª Vara Criminal do Rio, decidiu nesta segunda-feira, dia 4, manter a prisão do cantor Valterson Ferreira Cantuária, o Toddy Cantuária, ex-integrante do grupo de pagode Karametade. Ele está envolvido no assassinato do turista argentino Matías Sebastian Carena, de 28 anos, em março, na saída de uma boate em Ipanema, Zona Sul da cidade.

O cantor foi preso pela Interpol, cinco meses após o crime, em Paris, na França. Em sua decisão, o juiz destaca que, logo após o fato, o acusado desenhou obscuro roteiro de fuga por diversas cidades europeias, até que, acidentalmente, acabou preso pela Interpol.

"Portanto, obrou em detrimento da lei e da sociedade, afastando-se da postura dos demais, que se apresentaram a este juízo mesmo sabendo dos mandados de prisão expedidos", assinalou o magistrado.

Na mesma decisão, o juiz converteu em medidas cautelares as prisões preventivas de Pedro Henrique Marciano e Thiago Noroes Lessa Silva, ambos acusados de envolvimento na morte do turista. Júlio César de Oliveira Godinho já estava solto.

As medidas cautelares foram impostas para que não houvesse excesso de prazo na manutenção da prisão preventiva. Os presos aguardarão a instrução criminal em liberdade, devendo comparecer ao juízo do dia 1º a 10 de cada mês, além de não poderem se ausentar do país e nem se aproximar das testemunhas.

Processo: 0072146-41.2017.8.19.0001

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro
Produtos Online


Esqueci minha senha

b_teste_gratis
pixel