rs_slogan
rs_boletim2
rs_compartilhe

Notícia

Pleno Administrativo elege nova Administração do TJAC para o biênio 2021-2023

Desembargadora Waldirene Cordeiro foi eleita presidente; o desembargador Roberto Barros, vice-presidente, e o desembargador Élcio Mendes, corregedor-geral da Justiça.

A Corte de Justiça Acreana escolheu, nesta quarta-feira (14), durante sessão do Pleno Administrativo, os novos membros que integrarão a Administração do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) no biênio 2021-2023. O posse deve ocorrer em fevereiro. A desembargadora Waldirene Cordeiro foi eleita presidente; o desembargador Roberto Barros, vice-presidente, e o desembargador Élcio Mendes, corregedor-geral da Justiça.

Na ocasião, foram eleitos ainda os novos presidentes das Câmaras Cíveis e Criminal, coordenador dos Juizados Especiais e o diretor da Escola do Poder Judiciário (ESJUD), além da escolha do membro titular na classe de desembargador para compor o próximo biênio no Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC). Todas as escolhas foram à unanimidade.

Pronunciamentos

O presidente atual do TJAC, desembargador Francisco Djalma, escolhido membro titular na classe de desembargador para o TRE-AC, ao anunciar o resultado da nova Presidência do Poder Judiciário Acreano, parabenizou os eleitos desejando felicidade e êxito em suas novas funções destacando que, com esforço e contribuição, a Administração será bem superior a atual. Ao ser escolhido para presidir o órgão eleitoral, ele disse que fará o melhor possível.

A desembargadora eleita para presidente do TJAC, Waldirene Cordeiro, agradeceu aos pares pelos votos. "É uma honra poder dirigir esse Tribunal de Justiça Acreano tão aguerrido e respeitado. Darei o melhor na condução dos interesses do TJ do Acre e manterei a harmonia e respeito com os outros poderes", disse a desembargadora ao pedir apoio de todos para, juntos, enfrentarem os obstáculos que estão à frente. Ela também agradeceu aos servidores.

Na sequência, o desembargador eleito para vice-presidente, Roberto Barros parabenizou a todos os eleitos e agradeceu a confiança depositada. "Me comprometo em me dedicar e peço apoio dos colegas que já ocuparam os cargos que estarei", ressaltou.

Eleito para a função de corregedor-geral da Justiça, o desembargador Élcio Mendes parabenizou a atual Administração pelos serviços executados e o que ainda será desenvolvido até o final da gestão. "A forma do voto do relator, desembargador Francisco Djalma, foi excelente. Foi muita dedicação. Consultou a todos os desembargadores para um julgamento tão tranquilo. Sempre optou pelo diálogo", disse.

Ele acrescentou também não ter dúvida que a nova presidente do TJ do Acre desenvolverá uma gestão de humanização. "Grato por integrar a nova Administração. Trabalharemos juntos pelo sucesso do TJ do Acre", concluiu.

Ao final da eleição, os demais desembargadores agradeceram a gestão atual, prestaram os parabéns aos eleitos para nova Administração e aos membros que ocuparão as presidências das câmaras, direção da Esjud, Coordenadoria dos Juizados Especiais e membro titular na classe de desembargador para TRE-AC.

Veja a composição para o biênio 2021-2023 e a biografia dos membros da próxima Administração

Presidência

Desembargador Waldirene Cordeiro - presidente

Desembargador Roberto Barros - vice-presidente

Desembargador Élcio Mendes - corregedor-geral da Justiça

1ª Câmara Cível

Desembargador Laudivon Nogueira- presidente

Desembargadora Eva Evangelista

Desembargador Luís Camolez

2ª Câmara Cível

Desembargador Francisco Djalma - presidente

Desembargadora Regina Ferrari

Desembargador Júnior Alberto

Composição da Câmara Criminal

Desembargador Pedro Ranzi- presidente

Desembargador Samoel Evangelista

Desembargadora Denise Bonfim

Diretora da ESJUD

Desembargadora Regina Ferrari

Coordenadora dos Juizados Especiais

Desembargadora Denise Bonfim

Membro titular na classe de desembargador para TRE-AC

Desembargador Francisco Djalma

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Acre
pixel