rs_slogan
rs_boletim2
rs_compartilhe

Notícia

Morador de rua é condenado a 11 anos por matar desafeto

Vítima teria furtado pertences da mulher do acusado

Sob a presidência do juiz Raimundo Moisés Alves Flexa, o 2º Tribunal do Júri de Belém, votou pela condenação Edney Borges de Lira, 38 anos, acusado de matar outro morador de rua, Ocivaldo Mello do Nascimento, 31 anos. Ambos já tinham tido desavenças por causa de divisão de drogas.

A pena fixada ao sentenciado, de 11 anos de reclusão, será cumprida em regime inicial fechado. Na sentença, foi negado ao réu o direito de recorrer em liberdade, por ter antecedentes criminais, sendo conduzido à casa penal.

A decisão acolheu a sustentação do promotor do júri Edson Augusto Souza, que requereu a condenação do réu por crime de homicídio simples.

O defensor público Alessandro Oliveira, que atuou em defesa do acusado, com base nas declarações do réu, apresentou a tese de que ele agiu em legítima defesa.

Em interrogatório, o réu disse que conhecia a vítima e que ela costumava furtar pertences da sua companheira. No dia do crime, ambos tiveram uma discussão que resultou em luta corporal, tendo o réu desferido facadas na vítima, que morreu no local.

O crime ocorreu por volta das 06h, do dia 29/09/2019, no pátio de uma casa abandonada, localizada na passagem Jambu, Bairro do Guamá

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Pará
pixel