rs_slogan
rs_boletim2
rs_compartilhe

Notícia

Juiz de Ouro Preto mantem prisão de acusado de tentar matar vítima com arma caseira

O juiz de direito Carlos Roberto Rosa Burck, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Ouro Preto do Oeste - RO, negou o pedido de liberdade a Cleber Soares Pardinho (conhecido como Garrancho). Ele está preso preventivamente por suspeita de ter tentado matar a vítima Jayme com um tiro na cabeça. Suspeita-se que a arma utilizada seja de fabricação caseira.

A decisão interlocutória da prisão em flagrante, convertida em preventiva, dia 12 de junho de 2020, pelo juiz substituto Fábio Batista da Silva, narra que o fato ocorreu por um suposto acerto de contas entre vítima e acusado a apurar no decorrer da instrução e julgamento do caso, uma vez que o juízo da causa já recebeu a denúncia do Ministério Público contra Cleber, no dia 25 de junho de 2020.

Segundo a decisão, que negou a revogação da prisão preventiva, Cleber demonstra não ter boa índole, além de já ter respondido pela prática do crime de roubo, e mostra-se frio e calculista. A decisão narra que o acusado postoem liberdade poderá tentar matar a vítima novamente, assim como gerar insegurança à sociedade e o descrédito do Poder Judiciário.

A decisão, proferida terça-feira, 17, e publicada no Diário da Justiça de quarta-feira, 18, cabe recurso.

Ação Penal n. 0000430-53.2020.8.22.0004.

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Rondonia
pixel