Casal suspeito de matar e ocultar corpo de recém-nascido passa por audiência e seguirá preso

O juízo da Vara Criminal da comarca de Caçador, no meio-oeste catarinense, decretou a prisão preventiva de um casal suspeito de assassinar e esconder o corpo de um bebê recém-nascido. O homem e a mulher, ambos com 22 anos de idade, foram presos em flagrante no domingo (12/11) e passaram por audiência de custódia na unidade judiciária na tarde desta segunda (13).

Os dois teriam matado e enterrado a criança embaixo do assoalho da casa onde moravam, em Caçador. À polícia, eles confessaram ter praticado o crime. A vítima era filho da mulher. Durante a audiência, os custodiados confirmaram que a prisão se deu dentro da legalidade. O processo tramita em segredo de justiça.

https://www.tjsc.jus.br/web/imprensa/-/casal-suspeito-de-matar-e-ocultar-corpo-de-recem-nascido-passa-por-audiencia-e-seguira-preso-1?redirect=%2Fweb%2Fimprensa%2Fnoticias%2F

TJSC

Rolar para cima
×