Justiça condena dupla a 38 anos de reclusão por tentativa de latrocínio em Campos Novos

A Vara Criminal da comarca de Campos Novos, no meio-oeste catarinense, condenou um homem e uma mulher a penas de 21 e 17 anos e oito meses de reclusão em regime fechado, respectivamente, por tentativa de latrocínio e corrupção de menores. Em dezembro de 2021, eles roubaram um veículo, um aparelho celular e R$ 750 da vítima, após tentarem matá-la com dois tiros, um nas costas e outro na região da cabeça.

A ré e outra mulher, julgada em processo distinto, já conheciam e teriam saído com o homem algumas vezes em outro município da região. No dia 16 de dezembro, data dos fatos, de forma premeditada, elas pediram carona até Campos Novos. Já na cidade, na casa da ré, solicitaram ao rapaz que buscasse um dos envolvidos e um adolescente. Depois disso, ao retornarem à residência, requisitaram que a vítima os levasse até um posto de combustíveis. No trajeto anunciaram o assalto.

A mulher assumiu a direção do veículo, enquanto a vítima foi colocada no banco de trás com uma arma de fogo e uma faca apontadas para si pelo acusado e pelo adolescente. Já no interior do município, durante a madrugada, ao resistir em sair do carro, o homem recebeu chutes, socos, uma coronhada e dois tiros. Atingido, o homem se jogou no chão, fingiu estar morto e, ao perceber que o grupo não estava mais no local, fugiu por uma plantação. O homem não morreu porque recebeu pronto e eficiente atendimento.

A sentença foi assinada pelo juiz Lucas Antônio Mafra Fonerolli, que negou aos acusados o direito de recorrer em liberdade. ​

TJSC

Rolar para cima
×