Homem é condenado a 18 anos por surpreender e matar vítima de forma cruel na Serra

Em sessão do Tribunal do Júri, um homem de 25 anos de idade foi condenado por homicídio triplamente qualificado na comarca de Correia Pinto, na Serra. Acusado de surpreender e matar a vítima com golpes brutais na região no rosto e cabeça, o réu foi sentenciado a 18 anos e oito meses de reclusão, em regime fechado.

O crime ocorreu, de acordo com a denúncia, na madrugada do dia 20 de maio de 2022. A vítima caminhava tranquilamente pela região central da cidade quando foi surpreendida com chutes e golpes com um pedaço de pedra. Com a crueldade, o homem teve o rosto desfigurado e o corpo abandonado em um terreno. Eles haviam discutido em momento anterior ao assassinato.

O homicídio foi qualificado pelo motivo fútil, recurso que dificultou a defesa da vítima e por ter sido cometido por meio cruel. A magistrada negou ao réu, preso desde a época dos fatos, o direito de recorrer em liberdade. O processo tramita em segredo de justiça.

TJSC

Rolar para cima
×