Membros de ‘Tribunal do Crime’ que aplicavam pena de morte recebem 85 anos de prisão

O Conselho de Sentença da Vara do Tribunal do Júri da comarca de Joinville julgou nesta quinta-feira, 30/11, quatro homens e uma mulher pela participação em um homicídio cometido com uso de arma de fogo, ocorrido em julho de 2021 no bairro Jardim Paraíso.

Aos quatro homens os jurados reconheceram o envolvimento no homicídio e as qualificadoras de motivo torpe e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima, e ainda cárcere privado. A três deles, inclusive à mulher, foi atribuído o crime de organização criminosa. As reprimendas, somadas, ultrapassam 85 anos de prisão – a menor é de cinco anos e três meses e a maior, de 29 anos e oito meses.

De acordo com a denúncia, os acusados privaram a vítima de liberdade a fim de obter informações sobre sua integração ou não em facção criminosa rival, agindo como uma espécie de “Tribunal do Crime”, em que a preservação da vida depende da investigação dos algozes. Após a vítima tentar fugir do cativeiro, um dos envolvidos procurou imobilizá-la com um “mata-leão” enquanto outro efetuou o primeiro disparo, com o início da execução (Autos n. 5042398-45.2022.8.24.0038).

https://www.tjsc.jus.br/web/imprensa/-/membros-de-tribunal-do-crime-que-aplicavam-pena-de-morte-recebem-85-anos-de-prisao?redirect=%2Fweb%2Fimprensa%2Fnoticias%2F

TJSC

Rolar para cima
×