Homem é condenado por estupro de idosa de 71 anos em Limoeiro de Anadia

Vítima relatou que o agressor, de 21 anos, é afilhado de sua nora; condenação considerou dois crimes de estupro e um de roubo
Um homem acusado de estuprar uma idosa de 71 anos e roubá-la, em novembro de 2022, foi condenado a 21 anos de reclusão. A sentença foi proferida nesta quarta-feira (4) pelo juiz Felipe Pacheco Cavalcante, da comarca de Limoeiro de Anadia (AL), cidade onde ocorreu o crime. O denunciado está preso preventivamente desde janeiro de 2023.
Consta na denúncia do Ministério Público que no dia 30 de novembro de 2022 o acusado, de 21 anos, em posse de arma branca, adentrou na residência da senhora, de madrugada, enquanto a idosa alimentava seus cachorros, e a empurrou.
Em seguida, o réu teria jogado a vítima na cama, obrigando-a a praticar atos libidinosos. Após o estupro, o rapaz arrastou a senhora até o quintal para que ela indicasse onde havia galinhas para que ele roubasse.
A vítima relatou que o acusado teria voltado com a ave e a estuprado novamente. Antes de sair da casa o denunciado teria ameaçado a idosa afirmando que iria retornar com outras pessoas. Ainda de acordo com o relatado pela vítima, o agressor é afilhado de sua nora.
O exame de corpo de delito comprovou a existência de vestígios da violação. Duas testemunhas foram ouvidas, uma delas atestou que o réu estava próximo à residência da idosa, carregando uma galinha, e a outra, que socorreu a vítima, disse que procurou o pai do acusado e na ocasião foi confirmado que o rapaz chegou em casa com a ave.
A condenação considerou dois crimes de estupro e um de roubo.
https://www.tjal.jus.br/noticias.php?pag=lerNoticia&not=21831
TJAL

Deixe um comentário

Rolar para cima
×