Homem que assassinou credor para se livrar de dívida é condenado a 16 anos de reclusão

Um homem que assassinou um conhecido que havia lhe emprestado dinheiro para adquirir um caminhão foi condenado em sessão do Tribunal do Júri da comarca de Chapecó, realizada neste mês (22/7), à pena de 16 anos de prisão em regime fechado.
O crime ocorreu em 8 de novembro de 2019. O acusado respondia em liberdade, mas, com a condenação ao final do júri, foi levado do fórum diretamente para o complexo prisional.
O juiz Jeferson Osvaldo Vieira, titular da 1ª Vara Criminal e presidente da sessão, negou ao réu o direito de recorrer em liberdade.
O Conselho de Sentença reconheceu as qualificadoras de motivo torpe, uso de meio cruel e emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima.
De acordo com a denúncia, a vítima – moradora de Maravilha – emprestou R$ 4.740 para o acusado adquirir um caminhão. Na data do crime, o réu ligou e marcou um encontro com o credor a fim de tratar da dívida.
No local combinado, por volta de 11h45, o denunciado passou na carona de uma motocicleta e atirou contra a vítima, que também estava em uma motocicleta. Já no chão, o credor foi atingido por outro disparo de arma de fogo.
O agressor ainda se utilizou de uma pedra para golpear a cabeça do homem. Entre os ferimentos houve afundamento de crânio (Autos n. 0009685-85.2010.8.24.0018).
TJSC

 

Deixe um comentário

Rolar para cima
×